A Maternidade é o trabalho mais importante da humanidade – Por Lara Mascarenhas

A Maternidade é o trabalho mais importante da humanidade e às mães devemos devotar todas as homenagens possíveis, como todas demonstrações de amor, carinho, reconhecimento e presentes no mês de maio. Infelizmente na maioria dos dias as mães estão relegadas à invisibilidade social, à solidão e à sobrecarga, existem uma série de condições sociais que […]

0 comments

Habilidades sociais e emocionais de 0 a 3 anos – Por Izadora Fonte Boa

Dr. Stanley Greenspan é um psiquiatra norte-americano que desenvolveu um gráfico que identifica os principais marcos de desenvolvimento social e emocional de crianças pequenas que devem ser alcançados até certas idades. O gráfico identifica seis áreas de crescimento socioemocional para crianças do nascimento até 42 meses de idade. Os seis estágios incorporam os oito marcos […]

0 comments

Praxia no autismo – Ana Paula Ferreira Costa

O termo praxia refere-se à execução intencional de tarefas motoras que possuam significado. Ela requer funções cognitivas como ideação ou formação de um conceito, integração dos impulsos sensoriais e planejamento, que permitem a expressão motora (Ayres, 1985). O sistema nervoso depende de informações sensoriais adequadas e eficientes para formular um plano de ação. Por exemplo, […]

0 comments

Como o desenvolvimento da linguagem interfere na empatia? – Por Patrícia Reis Ferreira

No post anterior foi falado sobre uma teoria em relação à empatia. Agora vamos pensar em como o desenvolvimento da linguagem pode auxiliar na evolução das habilidades necessárias para a construção da mesma. Conforme falado anteriormente, empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro e sentir a experiência, os sentimentos e emoções […]

0 comments

Empatia no autismo: vamos investigar – Lucas Géo

Os autistas têm problemas com a empatia? Baixa, alta, diferente? Esse tema freqüentemente é discutido nos consultórios gerando muitas dúvidas e angústias. Primeiro vamos a uma definição, empatia é a capacidade de se colocar e sentir a experiência do outro, seus sentimentos e emoções. É habilidade extremamente importante pra um bom convívio social, que nos […]

0 comments

Generalização: Utilizando as habilidades aprendidas em situações do cotidiano – Por Lara Mascarenhas

Muito se fala do ensino de habilidades para crianças com Transtorno do Espectro Autista, no entanto é pouco difundido que um Plano de Intervenção Individualizado baseado em Análise do Comportamento contempla o aprendizado em ambiente natural. Uma vez que o intuito da terapia é ensinar habilidades para vida, é imprescindível que a criança seja capaz […]

0 comments

É um problema sensorial ou de comportamento? – Ana Paula Ferreira Costa

A linha divisória entre os aspectos sensoriais e comportamentais é tênue na maioria das vezes. E estabelecer a distinção entre esses dois aspectos é um dos maiores desafios enfrentados tanto por profissionais que trabalham com a população infantil como pelos pais de crianças com algum transtorno do desenvolvimento. Nem todos os comportamentos negativos significam uma […]

0 comments

Brincar de faz de conta?! Por quê?! – Natália Chagas

Uma das estratégias utilizadas no trabalho para desenvolvimento da linguagem em crianças com Tea é a brincadeira de “faz de conta”. Mas a maioria das pessoas não sabe para que serve essa brincadeira e qual sua importância no desenvolvimento. Hora de descobrir!! Por meio da brincadeira de “faz de conta” trabalhamos o desenvolvimento de uma […]

0 comments

Autismo e expressões faciais – Lorenzo Natale

Emoções como alegria, tristeza, raiva, medo, nojo e surpresa exercem ampla influência sobre a vida humana. Portanto, a habilidade de ler as emoções em si e nos outros e de expressá-las, é necessária para que a competência social e a autorregulação da conduta funcionem ao longo da vida. (Cecconello & Koller, 2000; Ribas, 2011). Devido […]

0 comments

Três dicas sobre como reduzir a sobrecarga das famílias – Aline Abreu e Andrade

Ao conviver com famílias de pessoas com autismo, é muito comum vermos o cansaço dos pais, que se viram do avesso para conseguir viabilizar o melhor para o seu filho. Equilibrar as diversas demandas: financeiras, logísticas (de levar e buscar), de estimulação e afeto é um grande desafio, para o qual infelizmente não temos uma […]

0 comments
1 2 3 6
top